Todos os domingos às 9h e 11h30

Celebração IBMorumbi – Porque tomamos a Ceia?

Celebração IBMorumbi – Porque tomamos a Ceia?

Tivemos uma celebração especial neste domingo aqui na Igreja Batista do Morumbi. Durante o culto da Ceia do Senhor, o Pastor Lee nos conduziu através da passagem de Salmos 32: “Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia!” (Sl 32.1).

Relembramos o que Jesus fez por nós na cruz para perdoar nossos pecados, reconhecendo que Sua obra foi singular e esplêndida. Graças a isso, hoje podemos ter um relacionamento com Deus e a vida eterna.

A Ceia nos convoca a uma autoavaliação. Como disse Jesus: “Cada um examine a si mesmo”, convidando-nos a olhar para dentro de nós mesmos, para nossos próprios pecados, e nos arrependermos diante do Pai, pois Ele nos conhece completamente, antes mesmo de pensarmos: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno” (Sl 139.23-24).

Quando pecamos, nos sentimos culpados, pois o pecado nos afasta de Deus. No entanto, quando nos arrependemos e pedimos perdão em oração, sentimo-nos aliviados da culpa: “Enquanto escondi os meus pecados, o meu corpo definhava de tanto gemer. Pois de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; minha força foi se esgotando como em tempo de seca. Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: ‘Confessarei as minhas transgressões ao Senhor’, e tu perdoaste a culpa do meu pecado” (Sl 32.3-5).

Quando lembramos a história do Rei Davi, vemos que, apesar de seus erros e pecados, ele conseguiu encontrar felicidade no Senhor. Apesar de nossas vidas pecaminosas e cheias de erros, também podemos nos relacionar com Deus. O sentimento de alegria de Davi está relacionado ao fato de ter pecado e sido perdoado. A maior alegria que podemos experimentar é ouvir do Senhor: “Seus pecados estão perdoados”. A culpa é algo que nos incomoda e nos escraviza, nos fazendo pensar no que poderíamos ter feito diferente. Portanto, o alívio da culpa é um presente de Deus para nós. Davi teve que lidar com a culpa de seus pecados, tendo cometido atos graves como adultério e homicídio. No entanto, Deus perdoou Davi, proporcionando-lhe alívio da culpa, e Davi pôde seguir adiante, livre de condenação (Salmos 32.1-2).

Todos nós desobedecemos e temos uma dívida com Deus, mas o perdão é o pagamento dessa dívida. O perdão de Deus nos livra do castigo da condenação eterna, que seria a consequência de nossos pecados. Graças à bondade e à graça de Deus, que enviou Seu único Filho para morrer em nosso lugar na cruz, hoje, por meio de Jesus, podemos ter nossos pecados perdoados e sermos livres da culpa que o pecado traz sobre nossas vidas, não porque mereçamos, mas porque Deus é bom, e Sua misericórdia dura para sempre.

Em cada celebração da Ceia, ao ouvirmos as palavras “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isso em memória de mim”, renovamos nossa esperança, pedimos perdão e lembramo-nos da bondade de Deus para conosco. Podemos recordar que “nenhuma condenação há para aqueles que estão em Cristo Jesus”. Podemos renovar nossa esperança, pedir perdão e lembrar-nos da bondade de Deus para conosco.

Nessa celebração da Ceia, pudemos aprender um pouco mais sobre como lidar com a culpa pelos nossos pecados e transgressões diante do Senhor. É fundamental reconhecermos nossas falhas e nos arrependermos diante de Deus, pois Ele nos oferece o perdão e a renovação. Assim como Davi, podemos encontrar alívio da culpa ao confessarmos nossos pecados e nos voltarmos para o Senhor, que nos perdoa e nos restaura. Que possamos, em humildade e sinceridade, trazer nossos fardos diante de Deus e receber a graça que nos liberta da culpa e nos conduz ao caminho da vida eterna.

Essa reflexão nos traz um sentimento de alegria e alívio, pois sabemos que, independentemente de nossos pecados, podemos ter um relacionamento com o Pai por meio de Jesus. Como discípulos de Jesus, podemos contar com a ajuda do Espírito Santo para nos santificarmos a cada dia e ter força para lutar contra o pecado.

Queremos convidá-lo a caminhar conosco em comunidade, fortalecendo-nos juntos como igreja para crescermos espiritualmente e nos tornarmos discípulos de Jesus. Convidamos você a participar de nossas celebrações online ou presenciais.

clique aqui para assistir 

Este encontro é uma oportunidade única para nos unirmos em oração e reflexão sobre o papel da igreja na missão de Deus no mundo.
A principal marca da igreja não é a ausência de pecados, mas sim a maneira como ela trata os pecados e os pecadores.
Com alegria, anunciamos a chegada de novos membros aqui na IBMorumbi.

Nosso Conteúdo

Mantenha-se conectado com a sua comunidade de fé

Celebração Ibmorumbi: Sua Transformação de Casa, a Casa de Deus - Pr. Humberto Aragão
Celebração Ibmorumbi: Sua Transformação de Casa, a Casa de Deus - Pr. Humberto Aragão
Eu não vim para chama os justos, mas pecadores ao arrependimento. Lucas 5:32
Eu não vim para chama os justos, mas pecadores ao arrependimento. Lucas 5:32
Celebração Ibmorumbi: Discípulos amam a igreja porque é um lugar de cura - Pr. Clauber Carrenho
Celebração Ibmorumbi: Discípulos amam a igreja porque é um lugar de cura - Pr. Clauber Carrenho
Celebração Ibmorumbi - Pr. Gabriel Neres
Celebração Ibmorumbi - Pr. Gabriel Neres

Faça seu pedido de oração

Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google Política de Privacidade e Aplicam-se os Termos de Serviço.

Receba Novidades

Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google Política de Privacidade e Aplicam-se os Termos de Serviço.